O curso tem por objetivo formar profissionais para atuarem nas áreas de gestão das organizações públicas estatais e não governamentais.

Apresenta as ferramentas atualmente disponíveis para planejar, elaborar e gerenciar projetos públicos, assim como as experiências de otimização dos serviços prestados à sociedade.

Permite, com referenciais teóricos e de exercícios práticos, a compreensão de métodos de planejamento orientados para objetivos e resultados nas organizações públicas.

Diferenciais
O foco do curso é estratégico operacional perpassando todos os sistemas de educação a distância necessários à compreensão e oferta otimizada de cursos ou programas nessa modalidade.
Polos para momentos presenciais:
  • Sobre o Curso
  • Pré-requisitos
  • Programa
  • Certificação
  • Investimento
Duração:
2 anos (1620 horas)
Mercado de trabalho:
Atuação
O profissional formado pelo curso estará habilitado a exercer atividades nos diferentes tipos de organizações públicas de maneira ética, cooperativa, responsável e inovadora, buscando gerar soluções empreendedoras e criativas para questões atuais.

Poderá atuar nos níveis federal, estadual e municipal de governo, no âmbito executivo, no legislativo ou no judiciário, assim como em instituições do terceiro setor e da sociedade civil, fundações públicas e privadas, empresas públicas, associações de direito
público e privado, ou quaisquer instituições que atuem direta ou indiretamente na área pública.

Há possibilidade de exercer essa atividade em organizações governamentais e não governamentais, assim como em consultorias, fundações voltadas à promoção de ações de responsabilidade socioambiental e organizações multilaterais, como a Unesco e o Banco Mundial. É possível atuar, ainda, em instituições de ensino e pesquisa.

Panorama de mercado
Desde 2007, o Conselho dos Secretários de Administração e Gestão dos Governos Estaduais (Consad) organiza anualmente, em Brasília, um Congresso para debater questões relacionadas à gestão pública. A gestão de recursos humanos, a capacitação de servidores e a intensificação das preocupações com a qualificação dos funcionários estaduais ocupam espaço expressivo na agenda desses congressos, sendo um dos temas mais debatidos.

O número total de servidores públicos que possuem apenas ensino médio em todas as regiões do país é de 1.688.615, o equivalente a 40% do total de funcionários. As regiões com maior potencial são a Norte, com aproximadamente 47%, e Nordeste, com 45% dos servidores públicos com escolaridade de ensino médio.
Seleção:
Aguarde informações sobre o próximo processo seletivo.
Outras informações sobre este curso:

Desconto Comerciario Dependente Ead

Público alvo e pré-requisito:
Candidato:
- Ensino médio completo;
- Possuir acesso regular à internet, conhecimentos de uso de correio eletrônico (receber, responder e enviar mensagens) e navegação na web, em nível de usuário.
- Disponibilidade de, aproximadamente, 18 horas semanais de estudo;
- Disponibilidade para participar de 2 encontros presenciais por semestre para avaliações obrigatórias, sempre agendadas para serem realizadas aos sábados, em período integral, no polo escolhido pelo aluno.

Obs.: Os custos despendidos para os encontros presenciais são de total responsabilidade do aluno.

Computador:
- Acesso à internet (recomendável banda larga);
- Sistema operacional Windows, Mac OS ou Linux;
- Possuir endereço eletrônico;
- Plug-in dos aplicativos: Flash Player, Windows Media Player, Acrobat Reader, Java Runtime Environment;
- Browser de navegação (Internet Explorer, Google Chrome, Mozilla Firefox);
- Mínimo de 512 Mb de memória Ram;
- Placa de som (on-board ou off-board);
- Caixas de áudio ou fone de ouvido;
- Microfone (em caso de conferências de áudio).
Metodologia:
A proposta metodológica é um sistema de ensino baseado simultaneamente em projetos e problemas demanda uma postura em relação ao processo de ensino-aprendizagem na qual a ação docente deve propiciar ao aluno o aprender a aprender, a valorização da percepção analítica e do raciocínio hipotético, de modo a propiciar as condições necessárias para o saber, o saber fazer e o saber ser.

Essa abordagem metodológica é pautada na crença de que a aprendizagem é um processo que se dá na relação com o outro, a partir de experiências que despertam aspectos cognitivos e afetivos.

Para tanto, os planos de ensino dos componentes curriculares devem prever situações e estratégias de aprendizagem que favoreçam a solução de problemas reais tais como: estudos de caso; pesquisas; estudos do meio; grupos de estudo orientados; atividades sociais e comunitárias, entre outras, nas quais o conteúdo, visto como insumo, seja trabalhado de modo contextualizado e significativo, considerando os conhecimentos prévios dos alunos como ponto de partida para a construção de novos conhecimentos.

Tais situações devem promover a problematização, análise crítica e articulação de saberes prévios e novos - de modo que se traduzam em ações relacionadas às competências expressas no perfil do egresso.
Componentes curriculares:
Disciplina Carga Horária
Análise de Dados e Indicadores Socioeconômicos e Governamentais 72
Desafios Contemporâneos e Inovação na Gestão Pública 72
Direito Administrativo e Constitucional 72
Economia do Setor Público 72
Elaboração e Gestão de Projetos e Programas 72
Eletiva 72
Empreendedorismo, Inovação e Economia Criativa 72
Estado, Governo e Sociedade 72
Ética, Cidadania e Sustentabilidade 72
Federalismo, Descentralização e Relações Intergovernamentais 72
Finanças e Orçamento Público 72
Gestão de Compras Públicas 72
Gestão de Pessoas na Administração Pública 72
Gestão de Políticas Públicas e Novos Arranjos Territoriais 72
Gestão do Conhecimento 36
Governo Eletrônico, Transparência e Inclusão 72
Introdução à Gestão Pública 72
Mecanismos de Controle Internos e Externos na Administração Pública 72
Modelos de Gestão Orientados ao Setor Público 72
Pesquisa, Tecnologia e Sociedade 72
Planejamento Orientado ao Setor Público 72
Projeto Integrador I: Critérios e Condições para se executar uma Política Pública 36
Projeto Integrador II: Peças e Engrenagens da Gestão Pública 36h Direito Administrativo e Constitucional Gestão de Compras Públicas 72
Projeto Integrador III: Avanços e Desafios da Gestão Pública no Brasil 36
Projeto Integrador IV: Desafios do Gestor Público: Por um Olhar Sistêmico, Holístico e Histórico 36
Certificação:
Diploma de Tecnólogo(a) em Gestão Pública. Autorizado pela resolução do Consuni nº 003, de 28/4/2014.
Investimento:
Valor da mensalidade: R$ 328,00 para alunos ingressantes em 2017, sendo a primeira considerada matrícula. As mensalidades serão reajustadas de acordo com o disposto na legislação.

O valor do semestre corresponde a 6 parcelas de igual valor, quando ocorrer antes do início ou no primeiro mês do semestre letivo (janeiro ou julho). Quando o pagamento ocorrer no segundo mês letivo (fevereiro ou agosto) o valor do semestre será dividido em 5 parcelas, e no terceiro mês letivo (março ou setembro) será dividido em 4 parcelas.

DESCONTO PARA COMERCIÁRIO: você que trabalha (empregado, empresário ou sócio) em uma das empresas contribuintes do Comércio de Bens, Serviços e Turismo tem 20% de desconto.

Valor da Mensalidade para Comerciários: R$ 262,40.


Desconto promocional: Com exceção da matrícula, será concedido desconto de 3% para pagamento da mensalidade até o dia do vencimento ou 10% para pagamento à vista de todo o semestre.

Obs.: A política de descontos pode ser alterada a qualquer tempo, sem prévio aviso.

Perguntas frequentes

Veja outros Cursos de Graduação na área de Gestão