09/02/2017

Mulher usa computador com fones de ouvido

Dominar diferentes idiomas abre diversas portas no mercado de trabalho, além de influenciar diretamente na renda mensal. Um profissional fluente em inglês, por exemplo, pode receber um salário até 61% maior comparado ao que tem conhecimento básico do idioma. Para os fluentes em espanhol, a diferença chega a 54%, segundo dados da 52ª edição da Pesquisa Salarial e de Benefícios da Catho. 

No entanto, atingir um alto nível de conhecimento sobre um idioma exige dedicação. "O segredo para um bom resultado é manter a frequência e o ritmo de estudos", afirma Silvio Antônio Santiago, coordenador educacional na área de cursos livres do Senac EAD.

Criar uma rotina de estudos, com atividades paralelas às aulas, é um caminho para beneficiar o aprendizado. "É importante reservar alguns momentos ao longo da semana para revisar as lições estudadas e fazer outros exercícios relacionados ao idioma", diz Nielsi Gonçalves de Souza, que atua na área de idiomas do Senac São Paulo.

Confira abaixo algumas dicas apontadas por Nielsi e Silvio para potencializar o aprendizado de um novo idioma no dia a dia:

1. Tenha um caderno de anotações
"Muitas pessoas acham que ao se matricular em um curso de idiomas vão apenas falar, sem precisar de uma estrutura básica de estudo", afirma Nielsi.

Ter um caderno para anotar as informações, explicações, curiosidades e dicas que surgem durante a aula é essencial para ajudar na absorção do conteúdo e para revisar, de tempos em tempos, o que foi aprendido.

2. Crie um dicionário particular
Organize o vocabulário aprendido em um dicionário particular. A divisão pode ser feita por temas (roupas, comidas, descrição física, entre outros), classe gramatical (adjetivos, verbos, substantivos, entre outros), ou ordem alfabética.

3. Estimule diferentes habilidades
Atingir a fluência em determinado idioma requer o estímulo de diferentes habilidades. Para isso, evite praticar apenas um determinado tipo de exercício e inclua em sua rotina de estudos formatos variados de atividades, como escrita, leitura e conversação.

4. Pratique o idioma diariamente
Reserve, ao menos, 30 minutos diários para entrar em contato com o idioma. Está com as atividades e anotações do curso em dia? Aproveite para navegar em sites internacionais ou escolha filmes, séries, livros e músicas no idioma estudado.

5. Associe o idioma a assuntos de seu interesse
Relacionar assuntos de seu interesse ao idioma estudado é uma maneira de tornar o aprendizado mais prazeroso e estimulante. Se você gosta de futebol, leia sobre esse esporte em outro idioma, por exemplo.

6. Aumente o nível de dificuldade aos poucos
Escolher atividades que demandam um conhecimento mais avançado do idioma pode frustrar o aluno que está no início do aprendizado. Eleve pouco a pouco o nível de dificuldade das atividades que realiza em paralelo às aulas.

Por exemplo, ao assistir filmes e séries, opte pelo áudio original e legendas em português. Quando estiver um pouco mais familiarizado, tente acompanhar com ambos no idioma original. Em seguida, assista sem as legendas de apoio. 

7. Evite traduzir literalmente
Traduzir mentalmente palavra por palavra durante uma atividade relacionada ao idioma pode tornar o processo de aprendizagem menos fluido e natural. Busque entender o contexto da informação, a ideia central que foi transmitida. Caso algum vocabulário específico dificulte esse entendimento, recorra ao dicionário.

8. Fale, mesmo que sozinho
É muito tímido ou não tem com quem praticar o idioma após a aula? Uma dica é praticar a conversação sozinho, encenando diálogos ou conversando consigo mesmo.

Em voz alta, descreva o que as pessoas estão fazendo, farão ou fizeram. Essa atividade ajuda a praticar os diferentes tempos verbais. Tente, ainda, usar o ponto gramatical que estiver estudando no momento. Por exemplo, se estiver abordando comparativos, faça comparações em voz alta a respeito de pessoas, lugares, entre outros.

9. Conviva com pessoas que estão aprendendo o mesmo idioma
Crie grupos nas redes sociais com colegas de classe ou amigos que também estão estudando o mesmo idioma para praticarem e trocarem informações, ou até mesmo conteúdos mais descontraídos no idioma, como piadas e memes. Fazer amigos on-line, principalmente de países que falem o idioma que está estudando, também é um jeito muito divertido para praticar.

10. Tenha paciência
"Aprender um idioma requer paciência. Tente usar o que está aprendendo e some ao que já aprendeu, mas não se frustre se ainda não souber algo. O aprendizado é construído aos poucos, degrau por degrau", afirma Nielsi.

Conheça o portfólio completo de cursos de idiomas oferecidos pelo Senac EAD.

Leia também:

Ferramenta gratuita gera currículo criativo em formato de infográfico


Ano novo, emprego novo: profissionais orientam como mudar de carreira

Economia criativa pode ser saída para desemprego, diz especialista